Como a realidade aumentada e virtual podem impulsionar as vendas no varejo

Desenvolvidas com videogames em mente, as tecnologias de realidade aumentada e virtual estão se expandindo para setores muito além do entretenimento, entre elas o próprio varejo e e-commerce.

Ambas as tecnologias podem ser usadas para impulsionar as vendas de redes varejistas e já existem diversas empresas testando seu uso. Essa ação promocional da Walmart, por exemplo, ofereceu uma experiência em realidade virtual em seu próprio supermercado para promover a estreia da animação Como Treinar seu Dragão 3.

Mas não precisa ter uma produção hollywoodiana envolvida para que use as tecnologias de realidade aumentada e virtual para melhorar os resultados de sua empresa. Uma pesquisa do banco americano Goldman Sachs comprova isso, estimando que as tecnologias irão movimentar cerca de $1,6 bilhões de dólares apenas no varejo até 2025.

E você pode ser o motor dessas inovações em sua empresa. Quem sabe as ideias que tiver a partir desse texto possam resultar em um aumento no faturamento e em sua posição na empresa?

Por isso, continue a ler nos parágrafos seguintes para entender a diferença entre as tecnologias de realidade aumentada e virtual e como seu uso pode impulsionar suas vendas no varejo, com alguns exemplos de experiências reais.

Realidade aumentada x virtual: qual a diferença?

Apesar de algumas semelhanças, as tecnologias são bastante diferentes entre si.

O AR (sigla para augmented reality) adiciona novos itens ao que já existe e está sendo filmado pela câmera do seu smartphone. O game Pokémon Go foi o primeiro a popularizar a tecnologia, adicionando monstros virtuais às ruas, praças e igrejas pelas cidades onde está disponível.

Já o VR (virtual reality) substitui o que está se passando no seu entorno, criando um ambiente totalmente novo a partir de acessórios como o Oculus Rift. Imagine que está em casa e não pode ir ao cinema. Com o aparelho, você pode acessar uma sala de cinema virtual e assistir um filme como se tivesse saído de casa.

Existem mais alguns outros detalhes que diferenciam as tecnologias e suas aplicações aos negócios, por isso, confira também esse artigo que publicamos aqui no DTM.

Impulsionando vendas com realidade aumentada

Agora que já tem uma boa ideia de como as tecnologias funcionam, chegou a parte que interessa: como elas podem aumentar o faturamento ou a produtividade de seu negócio!

A realidade aumentada é a mais promissora entre as duas tecnologias. Como é necessário apenas um smartphone com um aplicativo instalado, ela se torna mais acessível, diminuindo despesas que consumidores teriam ao ter de comprar um acessório dedicado, como acontece no VR.

Um dos setores dentro do varejo que foram beneficiados pelo augmented reality é o de móveis e eletrodomésticos. A famosa empresa de móveis IKEA foi uma das primeiras a pular nesse barco.

Por meio de seu aplicativo, pessoas que desejam comprar seus móveis podem acessar a loja online da empresa e escolher um móvel. Em seguida, um modelo virtual desse móvel é mostrado na tela do celular e, por meio da câmera, poderá posicioná-lo em espaços dentro da sua casa.

Com a tecnologia, a IKEA planeja um faturamento de até $5,9 bilhões de dólares até 2020.

Apesar do primeiro uso de AR no varejo ser na área de móveis, o setor de moda é o que mais tem usado a tecnologia para impulsionar vendas. Já pensou em criar uma vitrine virtual em realidade aumentada de sua loja?

Foi isso que a Gap fez, ao permitir que seus clientes transformassem suas casas em seus próprios provadores. O aplicativo recolhe suas informações de altura e peso para então criar um modelo 3D.

A partir daí, o usuário pode navegar pelo acervo da loja, experimentando as roupas e comprando no próprio app.

Com esses dois exemplos, fica claro como você pode usar a realidade aumentada para impulsionar suas vendas no varejo: personalizando a experiência do usuário e permitindo que ele transforme sua própria casa em um shopping online!

Impulsionando vendas com realidade virtual

Diferente da tecnologia anterior, a realidade virtual não carrega tanta promessa, embora seu crescimento nos próximos anos seja evidente.

O fato de ser necessário ter um acessório especial para acessar ambientes com a tecnologia a torna menos acessível ao consumidor de classe C e D.

Mirando nos clientes classe A e B, a Volvo criou uma experiência única para vender o modelo XC90. Por meio de um app para realidade virtual, a companhia ofereceu um test drive do veículo.

O aplicativo foi baixado 28 mil vezes e usado 173 milhões de vezes. Os números de vendas não foram divulgados pela companhia, mas apenas o fato de oferecer uma experiência em realidade virtual ocasionou um número menor de testes presenciais, diminuindo as despesas e aumentando a produtividade da fabricante.

Como usar as tecnologias de realidade aumentada e virtual para impulsionar as SUAS vendas

Com os exemplos que mostramos ao longo do texto, ficou claro de que ambas as tecnologias são usadas para melhorar e personalizar a experiência do seu lead ou cliente.

Mesmo que ele não esteja presencialmente em sua loja, o uso da realidade aumentada e virtual pode ser chave para melhorar sua presença online, considerando que não existem muitas empresas no Brasil as utilizando.

Isso não vai durar muito tempo. A previsão mais tímida de crescimento do setor como um todo é de $23 bilhões de dólares em 2025, com valor médio esperado de $80 milhões e a previsão mais otimista sugere incríveis $182 bilhões em faturamento no setor, como sugere esse relatório.

Além de aumentar o faturamento por meio desses dois novos canais, o uso de experiências como o test drive virtual e o provador em casa provam que você pode diminuir despesas no atendimento presencial ao mesmo tempo que aumenta sua produtividade.

Quer saber mais sobre como tecnologias inovadoras como realidade virtual, realidade aumentada, inteligência artificial e internet das coisas podem fazer diferença para a sua empresa?

Então veja também nosso artigo sobre esses assuntos aqui no blog da DTM!

Achou esse artigo útil? Então compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Cadastre-se gratuitamente para receber nosso conteúdo

© 2019 – Blog DTM Tec

Criado pela Kamus